Facebook pixel

Notícias

Casos de caxumba aumentam no Brasil

Publicado em: Setembro/2016


No Brasil, o surto de caxumba desperta a preocupação do público. Em 2016, alguns estados do país registraram aumentos consideráveis no número de pessoas infectadas com o vírus.

Segundo informações disponibilizadas pela Fundação Oswaldo Cruz, só no período de janeiro a julho de 2016, o estado de São Paulo registrou 842 casos, um aumento significativo comparado aos 68 contabilizados em 2015. O Rio Grande do Sul também apresentou números elevados nos primeiros sete meses deste ano. Foram 1.190 casos só no período de janeiro a julho, superiormente maior do que os registrados em 2015, que apontaram 267 pessoas infectadas.

O Distrito Federal registrou 865 casos de caxumba no período de janeiro a julho, segundo a Agência Brasil, órgão ligado ao Governo Federal.

O que chama a atenção dos especialistas é a mudança na faixa etária dos infectados, que costumavam ser crianças pequenas. O surto recente de caxumba, tem atingido crianças acima de dez anos, adolescentes e adultos jovens.

Uma das principais maneiras para evitar a caxumba é tomando a vacina tríplice viral, que também protege contra o sarampo e a rubéola.

Causada pelo vírus Paramyxovirus, a caxumba atinge as glândulas salivares e é transmitida através do contato direto com gotículas de saliva. Nos homens, ela pode causar inflamação e inchaço doloroso nos testículos, levando à infertilidade.

O surto da doença, principalmente em homens em idade adulta, acende um alerta sobre os fatores causadores da infertilidade. Além do acompanhamento médico, para garantir a fertilidade no futuro, os homens que forem diagnosticados com caxumba podem recorrer ao banco de sêmen.

O Pro-Seed - Banco de Sêmen oferece estrutura de equipamentos e profissionais preparados para orientar os pacientes antes e depois da coleta do sêmen, elucidando todas as dúvidas sobre o armazenamento, a manutenção do material e orientando sobre o uso futuro do sêmen.

“A fertilidade pode ser prolongada. Nós realizamos o backup do sêmen, mantendo-o em botijões de nitrogênio líquido a uma temperatura de 196ºC negativos por um período indeterminado. Já é costume que médicos encaminhem ao Pro-Seed – Banco de Sêmen pacientes que passarão por algum tratamento que possa causar-lhes infertilidade, assim eles terão a chance de realizar o sonho da paternidade algum dia”. Explica Vera Beatriz Fehér Brand, diretora do Pro-Seed – Banco de Sêmen.

Dúvidas?

Visite nossa página de dúvidas frequentes ou ligue:
(11) 3171-1196
© 2017 - Pro-Seed Preservando a Fertilidade Masculina
Rua Peixoto Gomide, 515 - Térreo - CEP 01409-001 - Jardim Paulista - São Paulo/SP - Brazil
Phone/Fax +55 (11) 3171-1196 / +55 (11) 3262-5253
Cel. +55 (11) 98140-8833 / +55 (11) 97656-9466 / +55 (11) 98318-0022
contato@pro-seed.com.br