Facebook pixel

Notícias

Por que você deve se preocupar com o zika vírus?

Publicado em: Setembro/2016


O zika vírus se tornou um assunto de preocupação internacional. Principalmente em decorrência do surto de microcefalia que é passado para a criança através da mãe infectada.

Novas descobertas têm sido feitas por profissionais da saúde do mundo inteiro e elas chamam a atenção para novas complicações causadas pelo vírus. Por isso, não só as gestantes, como também as outras mulheres e os homens devem manter-se alertas sobre os perigos de contrair a doença.

Veja porque você deve se preocupar com o zika vírus:

1 – O vírus pode prejudicar o feto na fase final da gravidez e não só no primeiro trimestre como se pensava antes

A revista Clinical Infectious Disease publicou, em setembro, um estudo brasileiro que revelou dois casos de mulheres com a gravidez avançada, por volta de 36 semanas, que contraíram zika vírus. Como consequência, ainda que a circunferência da cabeça do feto tenha se mantido nos padrões de normalidade, os bebês sofreram danos neurológicos.

2 – Zika transmitido através do transplante de órgãos

Outro artigo, publicado no American Journal of Transplantion, no dia 15 de setembro, por pesquisadores da Famerp, informa a ocorrência de manifestações do zika vírus em pacientes que haviam passado por transplantes de órgãos. Nestes casos, as drogas utilizadas para que o organismo não rejeite o novo tecido abaixam a imunidade do paciente, aumentando o risco de complicações por conta de infecções como o zika.

3 – O vírus pode ser transmitido através de relação sexual

No mês de julho, foi registrado nos Estados unidos o primeiro caso de transmissão de zika vírus de uma mulher infectada para um homem através de relação sexual. Além disso, o vírus consegue sobreviver por dois meses no sêmen, um perigo eminente para a saúde dos filhos que estes homens vão gerar no futuro.

4 – Além do Aedes Aegypti, existe o risco de outros mosquitos transmitirem o zika vírus

No início do ano, pesquisadores levantaram a hipótese de que outros mosquitos poderiam transmitir o zika vírus. Alguns estudos feitos em outros países - Estados Unidos, Itália e França - não encontraram vestígios do vírus em outras espécies, mas a possibilidade não foi descartada.

Diretora do Pro-Seed – Banco de Sêmen e especialista em fertilidade masculina, Vera Beatriz Féher Brand recomenda que os homens façam o backup da fertilidade para preservar as amostras de sêmen saudáveis: “Obrigatoriamente, as mulheres grávidas devem fazer o acompanhamento médico na gravidez, já os homens, após realizar exame sorológico para Zika Vírus com resultado negativo, têm a opção de realizar o backup da fertilidade através do congelamento do sêmen, garantindo a preservação das amostras de sêmen sem vírus", explica a especialista.

O vírus, a maneira como é transmitido e suas consequências ainda são objetos de estudos, por isso é muito importante acompanhar os avanços da ciência com relação ao combate e prevenção do vírus.

Dúvidas?

Visite nossa página de dúvidas frequentes ou ligue:
(11) 3171-1196
© 2017 - Pro-Seed Preservando a Fertilidade Masculina
Rua Peixoto Gomide, 515 - Térreo - CEP 01409-001 - Jardim Paulista - São Paulo/SP - Brazil
Phone/Fax +55 (11) 3171-1196 / +55 (11) 3262-5253
Cel. +55 (11) 98140-8833 / +55 (11) 97656-9466 / +55 (11) 98318-0022
contato@pro-seed.com.br